Domingo
19 de Janeiro de 2020 - 
Você tem garantias e direitos, portanto, conte com o seu advogado de confiança para defendê-lo (a)

Acompanhamento Processual

Acesso ao controle de processos

Notícias

INSTITUCIONAL: Planejamento e realidade financeira são temas do segundo encontro do curso “Ciclo de Finanças

Às vezes você gasta dinheiro e não tem consciência do quanto e com o quê gastou. Foi com esse pensamento que a educadora financeira, psicóloga e diretora da Divisão de Planejamento (Dipla), Nádia Santana, iniciou a segunda aula do curso “Ciclo de Finanças: Planejando 2020”. O encontro, ocorrido nessa quarta-feira, 4 de dezembro, contou com a participação de 13 servidores que tiveram a oportunidade de fazer uma reflexão a respeito da situação financeira atual e da almejada em curto, médio ou longo prazo. Nádia enfatizou a importância da percepção da vida financeira atual para definir metas e objetivos futuros, explicando o cálculo do Índice de Comprometimento de Renda (ICR) e como ele pode sinalizar os ajustes necessários à realidade financeira de cada pessoa. “Se o resultado for maior que um ponto, significa que os gastos superam os rendimentos e será necessário fazer um ajuste do orçamento. Se for igual a um, os gastos são os mesmos que os rendimentos e é importante separar uma parcela para investimento. Se for menor que um, parabéns! É só ajustar o orçamento para o desejo”, explicou ela. Em seguida, a educadora falou sobre o Custo Efetivo Total (C.E.T) de um financiamento, dando dicas de como escolher o empréstimo mais vantajoso para determinados casos e como aumentar as chances de se fazer um bom negócio nesses casos. Balanço Patrimonial e Fluxo de Caixa também foram assuntos da conversa. Nádia explicou que Balanço Patrimonial é tudo o que a pessoa tem e tudo o que ela deve e que o Fluxo de Caixa consiste em entradas e saídas de dinheiro, representando os hábitos de consumo. Para calcular o balanço, ela indicou a utilização do cálculo do ICR e para mensurar o fluxo, as ferramentas de planejamento semanal e o bloco de anotações. Na ocasião, os participantes tiveram a missão de planejar os gastos da próxima semana e anotar, detalhadamente, o dinheiro desembolsado durante o período a fim de compararem a expectativa de despesas com a realidade do consumo. Finalizando o encontro, a psicóloga utilizou a técnica de Psicodrama para provocar reflexão aos servidores: três situações que envolvem circunstâncias financeiras diferentes e que contam com a presença e a aprovação dos pais. O momento simbolizou o quanto as crenças, os sentimentos e as relações afetivas podem influenciar os comportamentos de consumo. Ana Alves, servidora da 4ª Turma do TRF1, procurou o curso para se atualizar sobre finanças. “Eu sou psicóloga da área comportamental, e o último curso de finanças pessoais que fiz foi em 2013. Então, eu quis renovar os conhecimentos para utilizá-los tanto comigo quanto com os meus pacientes”, afirmou a servidora. Para ela, a experiência tem sido muito boa, principalmente para despertar hábitos e contribuir com o planejamento e a economia de finanças. “A diferença de tempo entre um curso e outro me fez ver que estou sem prática com algumas coisas, tais como planilhas e lançamento de dados. Com o tempo, você acha que já sabe, relaxa e acaba perdendo um pouco do controle”, ressaltou Ana. Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região
05/12/2019 (00:00)

Contate-nos

Rodovia Transamazônica  20
-  Novo Horizonte
 -  Pacajá / PA
-  CEP: 68485-000
+55 (91) 991040449+55 (94) 991349347+55 (91) 37981042
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.