Quinta-feira
23 de Maio de 2019 - 
Você tem garantias e direitos, portanto, conte com o seu advogado de confiança para defendê-lo (a)

Acompanhamento Processual

Acesso ao controle de processos

Notícias

Acusado de tentar matar sobrinho é absolvido

Com quatro horas de sessão, os jurados do 4º Tribunal do Júri de Belém, presido pelo juiz Claudio Henrique Rendeiro, votaram pela absolvição do pedreiro Luiz Otávio Miranda de Oliveira, de 55 anos, que respondeu por tentativa de homicídio praticado contra o sobrinho Sandro Roberto Uchoa Campos, de 39 anos. A decisão acolheu, por maioria dos votos dos jurados, o entendimento do promotor de justiça Alexandre Manuel Lopes Rodrigues também sustentada pelo defensor público Alex Noronha de ter o réu agido sem intenção de ferir a vítima e que só tentou amedrontar e afastar a vítima que tinha investido contra o tio.    Sem a presença da vítima, prevaleceu para os jurados a narrativa do réu, que alegou estar arrependido e que não tinha intenção de ferir o sobrinho. Ele contou que retirou a faca da bolsa de ferramentas para intimidar o jovem que já havia lhe agredido, após desavença familiar relacionada ao comportamento do irmão do réu e pai da vítima. O acusado contou que ficou por três meses preso e, ao sair da cadeia, pediu perdão ao jovem e este também pediu desculpas e até hoje não tiveram mais desavenças. Caso - Conforme acusação, o crime ocorreu na via pública próxima da casa dos familiares do réu e vitima, localizada na 4ª. Rua, do bairro da Campina de Icoaraci, na avenida Augusto Montenegro, tendo a vítima sido atingida com uma facada, após desentendimento e discussão entre os familiares. O conflito iniciou com a chegada em casa do irmão do réu, pai da vítima, embriagado.  De acordo com a versão do réu, o irmão “Chico”, costumava sair para bebericar e deixava a filha para a mãe, uma senhora de mais de 70 anos, sobrecarregando-a devido os cuidados que precisava dar. O irmão estava separado da esposa e tinha ficado com a guarda da filha, mas, entregava à avó a tarefa de cuidar, motivando o réu a tomar satisfações com o pai da vítima.  
Fonte:
TJ Para
13/03/2019 (00:00)

Contate-nos

Rodovia Transamazônica  20
-  Novo Horizonte
 -  Pacajá / PA
-  CEP: 68485-000
+55 (91) 991040449+55 (94) 991349347+55 (91) 37981042
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.